Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2013

PARADOXOS DO MUNDO ATUAL

Imagem
"....Relatórios da Unicef que citam estudos da Organização Mundial de Saúde sobre a violência intra-familiar: 275 milhões de crianças no mundo são vítimas directas ou indirectas de violência doméstica. Desses, 150 milhões são meninas e 73 milhões são meninos que já sofreram relações sexuais forçadas ou outras formas de violência sexual. Ainda segundo as mesmas fontes, 96% dos casos de violência física e 64% dos casos de violência sexual são praticados por pais ou familiares próximos, sendo que destes, 71% são pais e 11,5% são padrastos. Ainda a OMS estima que cerca de 100 milhões de raparigas tenham sido vítimas de mutilação genital. Quanto ao trabalho infantil, a OIT estima que dos cerca de 215 milhões de crianças que trabalhavam em 2005, 125 milhões estão envolvidos em trabalhos perigosos e prejudiciais à saúde e ao desenvolvimento, 5,7 milhões em trabalhos forçados ou em regime de servidão, 1,8 milhões na prostituição e pornografia e 1,2 milhões são vítimas de tr…

VERÃO HESITANTE

Imagem
As férias aproximam-se. Todos, ou quase todos, aguardamos ansiosamente que o Verão se digne a presentear-nos com os seus dias luminosos e quentes, como que recompensando-nos de um ano de trabalho, ou estudo. Apreensivos, somos confrontados com dias frios e chuvadas inesperadas, seguidos de outros quentes, bem mais de acordo com a época do ano. Nos últimos tempos, uma série de desastres naturais tem ocorrido,  com maior frequência, um pouco por todos os continentes, Tornados, secas ou cheias, tsunamis ou tremores de terra, são apenas alguns deles. A Terra é um sistema vivo, integrado num outro sistema, mais vasto, quase infinito, o Universo, pelo que, naturalmente, se encontra em constante mutação e evolução. Contudo, os desastres naturais não são apenas consequência da evolução natural destes sistemas, mas, também, da intervenção humana no ambiente, a qual, tantas vezes, é criminosa ou, pelo menos, negligente.
Preservar o meio ambiente, os ecossistemas e a biodiversidade deveria ser, não u…